Ensino

Alunos de escola de Viana do Alentejo iniciam aulas após protesto dos pais

Alunos de escola de Viana do Alentejo iniciam aulas após protesto dos pais

Os alunos da Escola Básica de Aguiar, no concelho de Viana do Alentejo, distrito de Évora, iniciaram esta quarta-feira as aulas, após a garantia da colocação de um segundo professor no estabelecimento, revelou a representante dos pais.

"Iniciaram-se hoje as aulas", porque "foi dada autorização pelo Ministério da Educação (ME) para a colocação de mais um professor" na escola, afirmou Estela Pão-Mole, representante do grupo de pais, em declarações à agência Lusa.

Na segunda-feira, os pais concentraram-se à porta do estabelecimento escolar e os alunos faltaram às aulas, nesse dia e na terça-feira, em protesto contra a existência de apenas uma turma mista.

Em declarações prestadas à Lusa na segunda-feira, a representante do grupo de pais justificou o protesto com o facto de ter sido constituída "uma só turma, com um só docente, para os 18 alunos da escola, dos 6 aos 10 anos, do 1.º ao 4.º anos de escolaridade".

Estela Pão-Mole disse então que os pais dos alunos queriam que fosse colocado "um novo professor" na escola e feitas duas turmas, uma com as crianças do 1.º e do 2.º anos e outra com as do 3.º e do 4.º anos.

Esta quarta-feira, a responsável indicou que os pais receberam a garantia de que o Ministério da Educação autorizou a colocação de um segundo professor na escola de Aguiar, pelo que o protesto terminou.

"Era isso que pretendíamos. Conseguimos que viesse mais um professor e os meninos voltaram a escola", realçou, prevendo que, "se tudo correr bem", o novo professor "vai estar na escola já na próxima semana".