JN Rede de Notícias

Lusodescendentes fugiram da Venezuela para encontrar paz e trabalho no Algarve

Lusodescendentes fugiram da Venezuela para encontrar paz e trabalho no Algarve

Grupo hoteleiro trouxe desempregados para o Algarve, com o objetivo de lhes dar uma oportunidade de trabalho.

Certo dia, Sérgio Bruno acordou e decidiu que tinha que mudar de vida. Vendeu o carro, comprou três bilhetes de avião com o dinheiro arrecadado e abandonou a sua Venezuela, deixando toda uma vida para trás. "Senti que não havia futuro para o meu filho de 9 anos", diz, amargurado. Esteve na Madeira, sem trabalho, e agora é um dos cinco lusodescendentes que vai começar a trabalhar num hotel, em Albufeira, para tentar iniciar uma nova vida, longe da convulsão política.

Leia mais em Sul Informação

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG