Exclusivo

Perigo das arribas nas praias do Algarve não afasta banhistas

Perigo das arribas nas praias do Algarve não afasta banhistas

Apesar dos avisos, ainda há quem arrisque ficar junto à base. Autoridades monitorizam rochedos e promovem ações de sensibilização no verão para evitar acidentes com vítimas.

Treze anos após o desmoronamento fatal de uma arriba na praia Maria Luísa, em Albufeira, as autoridades continuam a ter de se desdobrar em ações de reforço de sinalização e sensibilização para evitar que os turistas ocupem zonas perigosas. A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) tem identificadas faixas de risco num total de 75 praias, nos concelhos de Albufeira, Aljezur, Lagoa, Lagos, Portimão, Silves e Vila do Bispo.

António Pina, presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve, não esconde a preocupação. "Apesar dos avisos que, sistematicamente, são dados à população, continua a verificar-se o não respeito por esses avisos", lamentou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG