O Jogo ao Vivo

Mau tempo

Tornado causa estragos no Algarve

Tornado causa estragos no Algarve

Um tornado atingiu toda a a zona do Sotavento algarvio, entre Faro e Vila Real de Santo António, este domingo à tarde, causando estragos em várias zonas dos dois concelhos e deixando pelo menos seis desalojados.

Em Faro, o Fórum Algarve foi um dos locais afetados. A zona da restauração foi evacuada. Há vários vidros partidos e mesas e cadeiras arrastadas. Na Estrada Nacional 2, vidros, telhas e painéis publicitários atingiram viaturas que foram forçadas a parar.

A Câmara Municipal de Faro confirmou que não há registo de vítimas, mas pede "prudência a todos os cidadãos".

Richard Marques, comandante operacional de serviço na Proteção Civil distrital, explicou ao JN que cerca das 15.58 horas, os serviços receberam alertas para "rajadas de vento muito fortes", que entraram pela praia de Faro.

Em Moncarapacho, no concelho de Olhão, muros do Estádio Dr. António João Eusébio, onde decorria um jogo do campeonato nacional de seniores caíram em cima de carros. A autarquia de Olhão revelou, este domingo à tarde, que três pessoas ficaram desalojadas em Pechão, depois de o telhado da casa ter sido destruído pelo vento forte. Dois dos desalojados são pessoas de idade avançada.

PUB

Também em Faro, três residentes numa habitação da zona do Montenegro ficaram desalojados e um acampamento de pessoas de etnia cigana com cerca de 50 elementos sofreu grandes estragos. Há ainda cinco casas cujos telhados voaram em Castro Marim.

Há também relatos de ventos fortes nas localidades de Fábrica e Altura em Vila Real de Santo António e Castro Marim, que arrancaram árvores e viraram caravanas.

Houve várias falhas de eletricidade e telecomunicações em Faro e Olhão. Segundo o responsável de serviço no Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), há várias localidades sem eletricidade, tendo a EDP reforçado as equipas de piquete para tentar restabelecer a energia.

Segundo o CDOS de Faro, não há, para já, registo de feridos.

O fornecimento de energia elétrica já foi, entretanto, reposto na totalidade na zona de Faro, depois de a passagem de um tornado no domingo ter condicionado o serviço, disse esta segunda-feira à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

Para as próximas horas está previsto um desagravamento do estado do tempo, embora se mantenha o aviso amarelo do Instituto Português do Mar e da Atmosfera para o distrito de Faro, relativo a ondulação, vento e chuva, até às 3 horas de terça-feira. "Temos a informação de que durante a tarde a situação deverá acalmar, embora sejam apenas situações (de desagravamento) pontuais, uma vez que a semana será toda instável", indicou a fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG