Faro

PJ investiga suspeita de crime num incêndio em bairro social

PJ investiga suspeita de crime num incêndio em bairro social

Um incêndio num prédio de habitação em Faro levou à hospitalização de seis pessoas, entre estas uma criança de quatro anos. Foi o terceiro fogo em pouco tempo e a PJ investiga a suspeita de crime.

A Polícia Judiciária de Faro está a investigar as causas de um incêndio que causou seis feridos, esta madrugada, no bairro da Atalaia, em Faro.

Um morador contou ao JN que ouviu três explosões, no momento em que deflagrou o incêndio.

Um outro morador diz ter visto duas pessoas a fugir. Contou ao JN que ouviu dizer "já está", quando abandonavam o prédio, já com o "hall" em chamas.

Segundo os bombeiros, foi o terceiro incêndio no local, em cerca de uma semana. Este foi o mais grave.

À chegada ao local, os bombeiros encontraram a porta corta-fogo de acesso às escadas bloqueada e tiveram de a arrombar.

As chamas deflagraram no "hall" de entrada do prédio, de habitação social, bloqueando as pessoas no interior das habitações.

PUB

Pelo menos 58 pessoas tiveram de ser evacuadas das habitações. Destas, nove foram assistidas pelas equipas de socorro no local, devido à inalação de fumo.

Das nove pessoas assistidas, seis foram transportadas ao hospital de Faro, entre estas uma criança de seis anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG