Lagos

Sinal permite ultrapassagem em local com traço contínuo duplo em Lagos

Sinal permite ultrapassagem em local com traço contínuo duplo em Lagos

Um sinal a indicar o fim da proibição de ultrapassar numa reta de Odiáxere, Lagos, onde no piso existe um traço continuo duplo, está a ser motivo de chacota nas redes sociais por muitos que utilizam aquele troço na da Estrada Nacional 125 (EN125).

Não há que enganar. O JN percorreu, na manhã desta sexta-feira, a EN125, entre Portimão e Lagos, e confirmou a bizarra situação. À entrada de Odiáxere lá está a placa que permite a ultrapassagem. Para o fazer, o automobilista terá, porém, que pisar dois traços contínuos.

Este é apenas um exemplo aberrante da situação em que se encontra a principal via de comunicação não paga do Algarve, onde o fim das obras de requalificação chegou a ser apontado para esta sexta-feira, pelo ministro Pedro Marques, mas que, afinal, não se vai cumprir.

Tal como o ano passado, a Rotas do Litoral, concessionária da obra, anunciou a suspensão dos trabalhos em julho e agosto para não coincidir com o período de grande afluência turística, prevendo-se que a intervenção seja concluída no inverno.

O ano passado também se previa, mas não aconteceu. Com o prazo de 30 de junho a apertar, os trabalhos têm-se intensificado nos últimos dias para tentar deixar tudo o mais limpo possível para o verão. Só que no terreno, Sá confusão é enorme.

Sinalização desadequada - como o caso de Odiáxere - rotundas por acabar, pavimento rebaixado, falta de marcações no piso, entre outros.

Os representantes do Turismo e dos hoteleiros deixam duras críticas a mais um ano sem a requalificação da EN125 concluída, chamando a atenção para o impacto negativo que os engarrafamentos e confusões terão entre os veraneantes que escolherem o Algarve para passar férias. Mas, na verdade, basta percorrer a via para adivinhar as difíceis jornadas que se aproximam nos próximos dois meses.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG