O Jogo ao Vivo

Silves

Dois feridos em estado grave são de Silves

Dois feridos em estado grave são de Silves

Dois dos oito feridos dos estragos causados pelos ventos fortes que atingiram, esta sexta-feira, os concelhos de Lagoa e Silves, no Algarve, estão em estado grave, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Patrícia Gaspar, adjunta de operações do Comando Nacional da Proteção Civil, disse à agência Lusa que três feridos são da zona de Silves e cinco de Lagoa.

Os dois feridos graves são de Silves.

A adjunta de operações adiantou que os feridos estão a ser transportados para o Hospital de Faro e unidades de saúde locais.

Segundo a ANPC, já foi "acionado um reforço de meios a partir dos distritos de Évora e Beja" para ajudar nas operações de socorro que estão a ser realizadas nas áreas atingidas.

No local, estão já a operar uma equipa da Força Especial de Bombeiros (Canarinhos) e outra do Grupo de Intervenção Proteção e Socorro da GNR.

A Proteção Civil indica também que foram acionados dois helicópteros para fazer o reconhecimento e avaliação da situação.

Automóveis danificados, postes elétricos, árvores e estruturas móveis arrancados ou telhados destruídos foram estragos já identificados pelas equipas de socorro que estão na zona afetada e que incluem operacionais da GNR, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e dos bombeiros.

Segundo fonte do INEM, os ventos causaram vários feridos, num número ainda por determinar, alguns dos quais "inspiram cuidados".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG