JN Rede de Notícias

Quatro meses e 16 testes depois, Tânia Poço livrou-se do novo coronavírus

Quatro meses e 16 testes depois, Tânia Poço livrou-se do novo coronavírus

Mais de quatro meses depois, Tânia Poço está oficialmente recuperada da Covid-19. Quando a tavirense teve alta do hospital, no dia 24 de março, terá pensado que a pior parte da luta contra a doença já tinha passado. Uma semana depois, os sintomas desapareceram totalmente, mas o vírus não a deixou até esta quarta-feira, dia 15 de julho.

Foram necessários 16 testes à covid-19 para Tânia Poço sair do confinamento. Isto porque, até esta quarta-feira, nunca tinha conseguido ter dois testes negativos consecutivos, uma condição imprescindível para sair do isolamento.

A luta de Tânia Poço contra o novo coronavírus, que finalmente venceu, começou no dia 12 de março quando, depois de uma viagem a França, teve os primeiros sintomas. Nesta altura, havia apenas 5 casos confirmados no Algarve. Primeiro, ficou sem olfato e paladar. A febre chegou depois, tal como o cansaço e a dor no peito. Tânia foi então internada no Hospital de Faro, no dia 18. O resultado do teste foi conhecido dois dias mais tarde, a 20, e deu positivo para a covid-19.

Leia mais em Sul Informação

Outras Notícias