Educação

Alunos do 5.º ano da Madeira vão usar manuais digitais no proximo ano

Alunos do 5.º ano da Madeira vão usar manuais digitais no proximo ano

Todos os alunos do quinto ano de escolaridade na Região Autónoma da Madeira vão ter manuais digitais no próximo ano letivo, anunciou hoje o secretário da Educação do arquipélago.

"A todos os alunos que irão frequentar no próximo ano letivo o 5.º ano na Madeira serão atribuídos manuais digitais, a todos sem exceção", declarou Jorge Carvalho, durante o quarto e último debate do Estado da Região da legislatura, a decorrer na Assembleia Legislativa da Madeira e contou com a presença de todos os elementos do Governo Regional.

O governante madeirense informou que "todas as escolas da região aderiram aos manuais digitais".

O Governo Regional tinha dado aos vários estabelecimentos escolares da Madeira o prazo de 31 de maio para comunicarem à secretaria da Educação quantas turmas e alunos pretendiam utilizar este tipo de manuais no próximo ano letivo.

O responsável argumentou que esta medida vai contribuir para "preparar uma geração digital" e "libertar as crianças do peso de carregarem manuais escolares".

De acordo com Jorge Carvalho, com a introdução deste tipo de material digital, o executivo insular também "vai poupar 1,5 milhões de euros em folhas de papel e 14.000 manuais escolares".

Indicou também que "66% dos alunos madeirenses estão cobertos por apoios de ação social escolar".

"Estamos a preparar uma geração capaz e competente" que no futuro vai desempenhar funções cada vez mais relacionadas com as novas tecnologias.

De acordo com os dados da Secretaria Regional, esta medida vai beneficiar cerca de 2.000 alunos na região.