Mau tempo

Encerradas escolas e retiradas crianças de infantário na Madeira

Encerradas escolas e retiradas crianças de infantário na Madeira

A secretaria regional da Educação da Madeira suspendeu as aulas, na tarde desta quarta-feira, nas escolas da freguesia do Curral das Freiras e nas do concelho de São Vicente, devido ao agravamento do estado do tempo.

Em comunicado, o governo madeirense refere ainda que, além destes estabelecimentos no concelho de Câmara de Lobos, foi retirada uma turma de um infantário no município da Ribeira Brava, na zona oeste da Madeira, devido a infiltrações na respetiva sala de aula.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou as zonas montanhosas, com rajadas de vento até os 140 quilómetros, e para a orla costeira na parte sul da Madeira, sob aviso vermelho (o mais grave de uma escala de quatro) até à meia-noite de quinta-feira, devido às previsões de ondulação forte que podem atingir os 14 metros.

Há também aviso laranja para a situação do vento forte de sudoeste, rodando para oeste, com rajadas até 110 quilómetros até às 12 horas de quinta-feira para a parte sul da ilha. O mesmo grau de aviso está lançado para a ilha do Porto Santo.

Devido a estas condições atmosféricas adversas, a Porto Santo Line, concessionária da linha marítima Madeira/Porto Santo cancelou esta quarta-feira as viagens.

Também no site do Aeroporto da Madeira estão canceladas todas as chegadas desta quarta-feira, num total de 17 aterragens e correspondentes partidas de diversas companhias, tendo conseguido apenas chegar um voo da TAP às 10.26 horas, proveniente de Lisboa.

A TAP já informou que "todos os restantes voos do Funchal desta quarta-feira, incluindo 'night stops', foram cancelados por causa do mau tempo".

A companhia de bandeira portuguesa alega que "a segurança e o respeito pelos passageiros está sempre em primeiro lugar", referindo ainda que "os passageiros que tinham bilhetes para hoje serão reacomodados nos voos seguintes".

A forte ondulação também provocou danos em diversas estruturas na orla costeira em diversos concelhos, nomeadamente Funchal, Câmara de Lobos, Ponta do Sol.

As corporações de bombeiros desta parte da ilha têm sido chamadas para situações de quedas de árvores e pequenas derrocadas.

Imobusiness