Mau tempo

Governo da Madeira pede à população para ficar em casa este domingo

Governo da Madeira pede à população para ficar em casa este domingo

O Governo da Madeira recomendou que a população permaneça em casa este domingo, devido ao mau tempo que assola o arquipélago e provocou um apagão geral e inundações no sábado.

A Presidência do executivo regional indicou que Miguel Albuquerque visitou o Serviço Regional de Proteção Civil, na noite de sábado, para se inteirar das operações de socorro, relacionadas na maioria com inundações.

O Serviço Regional de Proteção Civil registou cerca de 100 ocorrências em toda a região, e mantém 40 operacionais de prevenção, particularmente no Funchal, um dos concelhos mais afetados pelo temporal.

Miguel Albuquerque refere, na sua página no Facebook, que não há danos pessoais a reportar e aconselha a população a não sair de casa.

"Peço-vos que, a manterem-se as previsões de mau tempo neste domingo, se mantenham em casa, em segurança. Por si e pelos outros", escreve o presidente do Governo regional.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera, que chegou a colocar parte da ilha em alerta vermelho, mantém agora o arquipélago sob aviso laranja [Madeira] e amarelo [Porto Santo] até às 12:00 de hoje, sendo que o mau tempo afeta todo o território desde a madrugada de sábado, com chuva forte, queda de granizo e trovoada.

PUB

No Funchal, duas famílias, no total de sete pessoas, foram realojadas devido à falta de condições de habitabilidade de duas casas inundadas.

O mau tempo provocou também um apagão geral na ilha da Madeira cerca das 20:45, mas a eletricidade já foi reposta na maior parte do território.

O corte de energia ocorreu na sequência de uma descarga elétrica sobre a linha de transporte de 60 KV, entre a Calheta [zona oeste da ilha] e o Funchal, que provocou diversos danos e afetou o sistema na Central Térmica da Vitória, localizada na capital madeirense.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG