Acidente

Dezassete dos 28 feridos permanecem internados na Madeira

Dezassete dos 28 feridos permanecem internados na Madeira

Dezassete dos 28 feridos no acidente do autocarro com turistas alemães ocorrido na quarta-feira no Caniço, na ilha da Madeira, permanecem internados.

Segundo uma nota divulgada às 19 horas na página da internet do SESARAM, oito vítimas estão internadas na Ortopedia, três estão na Unidade de Cuidados Intensivos, quatro na Unidade de Cuidados Intermédios Cirúrgicos e duas em Observação no Serviço de Urgência.

Dois feridos continuam na Unidade de Cuidados Intensivos

Dois dos feridos continuam internados na Unidade de Cuidados Intensivos, de um total de 16 que continuam no hospital do Funchal. "Temos dois doentes internados na Unidade de Cuidados Intensivos, três doentes internados na Unidade de Cuidados Cirúrgicos Intermédios, os restantes encontram-se em enfermarias normais", disse Miguel Reis, adjunto da Direção Clínica do Hospital dr. Nélio Mendonça.​​​​​​​

Das 28 vítimas que deram entrada no hospital na quarta-feira, uma faleceu nos Cuidados Intensivos (sexo feminino) e 10 tiveram alta hospitalar, não havendo registo de crianças.

Das vítimas, duas são de nacionalidade portuguesa - o motorista e a guia - e as restantes de nacionalidade estrangeira, maioritariamente alemã, sendo 10 do sexo masculino e 18 do sexo feminino, com idades entre os 40 e os 60 anos.

O SESARAM indicou ainda que foi criada uma linha (030 5000 2000) para prestar apoio às vítimas e familiares a partir da Alemanha.

O Serviço Regional de Saúde adianta que foram reforçadas as equipas, médicos, assistentes sociais, psiquiatras, psicólogos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica, entre outros, e foram mobilizados tradutores e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras para o hospital para prestar o apoio necessário.

Imobusiness