O Jogo ao Vivo

Pandemia

Centro Escolar do Mondego na Guarda em risco de fechar

Centro Escolar do Mondego na Guarda em risco de fechar

Duas auxiliares já testaram positivo e duas aguardam resultado do teste.

A identificação de dois casos de covid-19 entre as auxiliares do Centro Escolar do Mondego, na freguesia de Porto da carne, Guarda, deixou os encarregados de educação alarmados e sem vontade de mandar os filhos para a escola na próxima segunda-feira. " Ninguém nos diz nada e estamos a falar de coisas muito sérias", disse ao JN uma das mães que preferiu manter o depoimento sob anonimato.

Soube o JN que outras duas funcionárias do centro escolar, com mais de 30 alunos do primeiro ciclo, aguardam o resultado do teste realizado este sábado e que amanhã [domingo] uma quinta funcionária, já em casa com sintomas aparentes de covid-19, será igualmente testada.

Apesar da situação epidemiológica no Centro Escolar ser ainda muito incipiente, já foi tomada a decisão de que a cozinha não abre na segunda-feira. De acordo com o presidente da Câmara da Guarda, " uma das funcionárias infetadas trabalha na cozinha e como tal ser a autarquia a preparar as refeições no refeitório do município e a assegurar as mesmas na instituição", confirmou Carlos Chaves Monteiro.

A Unidade de Saúde Pública está a acompanhar a situação e terá que ser a direção a propor o encerramento do Centro Escolar em função do número de casos. " O entendimento da Direção Regional de Educação do Centro tem sido o de manter as escolas abertas, fazendo valer uma política de complementaridade, isto é, de substituição de infetados por não infetados existentes no agrupamento escolar respetivo", evidenciou o autarca, "mas será preciso esperar pelos resultados para saber a decisão final. " Seja qual for a posição que prevaleça, os pais desta escola pertencente ao Agrupamento de escolas da Sé na Guarda serão informados", afirmou por fim Carlos Chaves Monteiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG