Guarda

Médico de baixa no hospital ganha dinheiro na privada

Médico de baixa no hospital ganha dinheiro na privada

Henrique Fernandes, um dos três oftalmologistas do quadro do hospital da Guarda, está de baixa psiquiátrica há mais de um ano. O Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde (ULS) moveu-lhe um processo disciplinar por alegada baixa fraudulenta.

"Se há listas de espera no serviço de Oftalmologia do hospital da Guarda deve-se a um médico que está de baixa há mais de um ano e continua a dar consultas lá fora". A denúncia é do médico Fernando Girão, director da ULS da Guarda, a entidade que gere o hospital que, além de apontar o dedo a Fernandes, confirma que está a decorrer um processo disciplinar. "Estamos a apurar a veracidade de indícios de fraude que foram comunicados pelo director de serviço ao Conselho de Administração e que põem em causa o estado de doença de um médico que pelos vistos atende doentes em Seia, Meda e Foz Côa", precisou ainda.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa