Premium

Presidente da Câmara da Guarda retira pelouros ao vice e afasta rival

Presidente da Câmara da Guarda retira pelouros ao vice e afasta rival

O presidente da Câmara da Guarda, Carlos Monteiro, retirou os pelouros ao vice-presidente Sérgio Costa e exteriorizou a guerrilha interna desencadeada no elenco camarário, quando Álvaro Amaro foi eleito eurodeputado, em maio do ano passado, e trocou a Autarquia que liderava, pelo Parlamento em Estrasburgo e Bruxelas.

Candidato assumido às eleições autárquicas do próximo ano, Carlos Monteiro efetivou na terça-feira passada a cisão com o vereador, que também não esconde as ambições de vir a ser presidente e que, por força das atribuições que tinha, mantinha a ligação política mais estreita com os presidentes de Junta do concelho. Aliás, não será irrelevante que Carlos Monteiro tenha convocado uma reunião com os autarcas do PSD para lhes explicar sucintamente e sem detalhes que afastava o colega de vereação porquanto aquele "não tinha cumprido bem as suas funções" e ainda por causa da sua alegada " falta de lealdade institucional". Foi, de resto, a única declaração sobre o tema que o autarca tornou pública.

Provas dadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG