Pandemia

Proteção Civil instala camas de campanha na urgência covid do Hospital da Guarda

Proteção Civil instala camas de campanha na urgência covid do Hospital da Guarda

A Autoridade Distrital de Proteção Civil da Guarda fez chegar 30 camas de campanha à urgência do Hospital da Guarda.

De acordo com fonte da ANPC, foi a solução encontrada pela administração da Unidade Local de Saúde que tem nesta fase dezenas de doentes na sala de respiratórios, sendo que parte deles esteve no chão por falta de camas.

O equipamento emprestado é usado habitualmente no verão quando há reforço de equipas para a atividade operacional dos bombeiros. "Não são camas convencionais, mas servem no momento de exceção em que vivemos", disse ao JN a mesma fonte.

As 30 camas cedidas estão a ser usadas pelos doentes na sala dos respiratórios. Desta forma foi possível acomodar os doentes que estavam no chão e libertar as macas das ambulâncias dos bombeiros. A Administração da ULS da Guarda confirmou o recebimento das camas.

No âmbito da mesma operação de cedência de equipamento a Proteção civil também transportou 300 cobertores para a instituição de saúde, provenientes da localidade d trinta no concelho da Guarda, uma da aldeias têxteis do concelho.

O último relatório epidemiológico identifica 2831 casos na área de abrangência da Unidade Local de Saúde (ULS), sendo que o concelho da Guarda lidera com 754 infetados. Só nos últimos dias, em 13 dos 14 concelhos do Distrito da Guarda (Aguiar da Beira está associado ao Hospital Tondela/Viseu) foram identificados mais 613 casos de covid-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG