Prova

Campeonato de Portugal de Drift anima Pinhel

Reis Pinto

Campeonato de Drift leva 45 pilotos a Pinhel

Campeonato de Drift leva 45 pilotos a Pinhel

Campeonato de Drift leva 45 pilotos a Pinhel

O Campeonato de Portugal de Drift vai cumprir a sua quinta jornada em Pinhel este sábado e domingo, numa prova organizada em conjunto pela Câmara Municipal de Pinhel e pelo Clube Escape Livre. Na edição deste ano vão participar pilotos espanhóis, franceses, suíços e um brasileiro, Bruno Bar, além dos participantes nacionais.

Naquela que é conhecida como a "Capital do Drift", haverá provas a contar para a Taça Intercontinental, onde participará o suíço Michael Perrotet, vencedor da edição de 2021. No total serão 16 pilotos a competir nesta taça, num total de 45 participantes.

O programa proposto pelo Clube Escape Livre para a sexta edição do Drift de Pinhel está concentrado no fim de semana, com as verificações técnicas e administrativas e o briefing a realizarem-se na manhã de sábado, seguindo-se os Treinos Livre, entre as 14 e as 18 horas. Novo briefing antecede a pausa para jantar e depois sessão de treinos de batalhas às 20h45, a prolongarem-se por uma noite de fortes emoções.

No domingo o "Warm Up" arranca às 9 horas, as qualificações começam às 10, com a categoria Pro, seguindo-se os dois grupos da categoria Semi Pro entre as 10.50 e as 11.40 horas. Os Iniciados entram em pista para a qualificação às 12.30 horas.

Batalhas

A parte da tarde está reservada para as batalhas para as categorias Semi Pro e Pro (14.30 e 15.50 horas), com as finais logo de seguida às 16.35 e às 17.05 horas, respetivamente. A entrega de prémios decorrerá pelas 18 horas.

Nas batalhas dois pilotos, à vez, fazem de carro líder e carro de perseguição. O líder tem de melhorar o que fez na qualificação, ou seja, andar mais rápido, com mais ângulos, enquanto se mantém mais próximo da linha e com ainda mais estilo.

Atrás dele, e a pressioná-lo, está o carro de perseguição, cujo objetivo é manter-se o mais próximo possível do carro da frente, enquanto imita o que o líder faz. Ambos precisam de executar o drift ideal nesta situação de alta pressão.

O premio Fair Play Daniel Saraiva será uma vez mais atribuído para evocar a memoria de um piloto que esteve na primeira edição de Pinhel.

O Drift de Pinhel vai ajudar a definir posições e, na categoria PRO, João Vieira lidera seguido de perto por Armindo Martins e José Carvalho, mas João Salvador aspira ainda a um lugar no pódio. Na categoria semi-PRO a luta está renhida entre Hélder Alves, que agora comanda, e Joel Silva enquanto Miguel Peixoto tenta defender o seu terceiro lugar de Ricardo Antunes e Rafael Ferreira. Na categoria iniciados Pedro Pereira tem-se imposto a José Júnior e Samuel Vergas.

Visibilidade ao concelho

Rui Ventura, presidente da Câmara de Pinhel destaca o facto de o concelho continuar "empenhado no sucesso do Drift, modalidade que tem dado visibilidade à cidade e trazido muita gente ao território. São eventos diferenciados como este que merecem o nosso apoio".

Já Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre, afirma que "assistimos finalmente a um campeonato dinâmico e competitivo e não podemos estar mais contentes. Sabemos bem do contributo de Pinhel para esta afirmação e vamos continuar a fazer a nossa parte. O Drift é uma modalidade espetacular e esperamos milhares de adeptos na Cidade Falcão".