Premium

Morreu abalroado por comboio quando fazia peões na linha no Sabugal

Morreu abalroado por comboio quando fazia peões na linha no Sabugal

Um homem de 35 anos morreu, ontem de madrugada, na linha da Beira Alta, em Cerdeira do Côa, Sabugal, no distrito da Guarda, depois de um comboio de passageiros ter abalroado a sua viatura, que estava imobilizada no caminho de ferro. O carro ficou preso nos carris depois da vítima ter andado a fazer peões na linha, onde nem sequer existia passagem de nível.

Ao aproximar-se da localidade da Cerdeira do Côa, o comboio internacional (que saiu de Santa Apolónia, Lisboa, em direção a Madrid, Espanha) longe de qualquer passagem de nível, colidiu com o carro, pouco depois das duas horas da madrugada.

A GNR esteve no local a tomar conta do acidente, que vai ser investigado, mas, segundo o JN conseguiu apurar, a vítima, Hélder Alexandre Costa, residente na Cerdeira do Côa, onde os pais são donos de um café, momentos antes da colisão andava a fazer peões com o carro. A viatura terá ficado presa na linha do caminho de ferro.

Imobusiness