O Jogo ao Vivo

Pandemia

Produtores de queijo da Serra da Estrela em crise sem precedentes

Produtores de queijo da Serra da Estrela em crise sem precedentes

Devido à quebra de vendas devido à pandemia de covid-19, os produtores de queijo Serra da Estrela com Denominação de Origem Protegida (DOP) registam quebras superiores a 60%. De acordo com a Cooperativa dos Produtores de Queijo da Serra da Estrela (ESTRELACOOP), corre-se o risco de "durante este mês, com as vendas do Natal, no limite, todo o circuito associado à produção do Queijo Serra da Estrela DOP pode ser posto em causa".

De acordo com a ESTRELACOOP, esta é a fase em que se produz os melhores queijos nacionais e a falta de feiras para os escoar está a trazer problemas. "A maioria dos pastores, dos produtores de leite e queijo da Serra da Estrela estão a braços com uma crise sem precedentes. Há excesso de produto e matéria-prima resultante do decréscimo de escoamento nos canais de vendas e divulgação. As preocupações face ao futuro próximo são muitas, mas o presente não pode ficar refém da incerteza".

"Neste momento, temos 27 queijarias DOP e 125 pastores com rebanhos Serra da Estrela totalmente dependentes desta atividade", sustenta a direção da associação, sublinhando que

"este é o momento para, mais do que nunca, dignificar todos aqueles que, diariamente saem ainda de madrugada para o início de um dia longo, sejam nos pastos verdes da Serra da Estrela com os seus rebanhos, seja na queijaria a tratar de cada um dos queijos com as suas mãos dedicadas", revela a Direção da Estrelacoop.

"Os consumidores têm aqui um papel crucial na compra e, consequentemente, na valorização do que é verdadeiro e endógeno de toda uma região: o Queijo Serra da Estrela com selo DOP, diz ainda, apelando à compra deste produto para as mesas de Natal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG