Mau tempo

Seia em alerta para "situações eventualmente graves"

Seia em alerta para "situações eventualmente graves"

A Câmara Municipal de Seia, no distrito da Guarda, decretou hoje a situação de alerta no concelho, devido ao mau tempo e "perante a iminência da ocorrência de situações eventualmente graves".

Em nota enviada à agência Lusa, a autarquia presidida por Carlos Filipe Camelo explica que a situação de alerta foi decretada para o período entre as 18 horas de hoje e as 3 horas de sexta-feira.

A medida justifica-se "considerando os avisos meteorológicos emitidos pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA)", que colocou o distrito da Guarda sob aviso vermelho, "com previsões de precipitação forte e persistente e rajadas de vento superiores a 100 quilómetros por hora, podendo atingir os 140 quilómetros/hora nas terras altas".

A autarquia de Seia refere ainda que a situação de alerta no concelho foi decretada "perante a iminência da ocorrência de situações eventualmente graves associadas a quedas de árvores, deslizamentos de terras e outros fenómenos potenciadores de acidentes, especialmente nas áreas percorridas pelos grandes incêndios de outubro de 2017".

"Neste âmbito, foi elevado o grau de prontidão e resposta operacional por parte dos agentes de segurança e proteção civil do concelho (bombeiros e serviço municipal de proteção civil), com reforço de meios para operações de vigilância e de apoio geral às operações de proteção e socorro que possam vir a ser desencadeadas", adianta a nota.

Outras Notícias