Covid-19

Subiu para quatro o número de mortos no lar de Vila Nova de Foz Côa

Subiu para quatro o número de mortos no lar de Vila Nova de Foz Côa

A Unidade de Saúde Pública (USP) da Guarda anunciou esta sexta-feira que subiu para quatro o número de mortes associadas à Covid-19 no Lar Senhora da Veiga, em Foz Côa, estrutura que contabiliza agora 51 utentes infetados.

Segundo avançou à Lusa a delegada de saúde da USP da Guarda, Ana Viseu, foram registados mais quatro utentes que deram positivo para Covid-19, desde a realização dos primeiros testes de despiste, que começaram no dia 30 de março.

Até ao momento aquela entidade de saúde pública já testou 180 pessoas entre utentes, funcionários e coabitantes.

O número de utentes do lar da Misericórdia de Foz Côa, no distrito da Guarda, que deram positivo para a Covid-19, subiu nos últimos dias de 47 para 51 utentes infetados.

Segundo a USP da Guarda, já o número de funcionários infetados no Lar Nossa Senhora da Veiga subiu de 17 para 21 infetados. Neste grupo encontrar-se uma profissional de saúde.

A idade das vítimas mortais naquele lar, dois homens e duas mulheres, situa-se entre os 85 e os 100 anos.

Para esta sexta-feira à tarde, segundo a UPS, está prevista a realização de mais testes de despiste em Vila Nova de Foz Côa, sendo que o novo reporte de casos será atualizado ao final do dia.

O número de casos "acumulados" desde o dia 25 de março, em Vila Nova de Foz Côa é de 76 infetados com o novo coronavírus.

Na segunda-feira chegaram à Misericórdia de Foz Côa 11 estudantes de medicina e enfermagem que foram divididos por equipas e que estão a prestar cuidados aos utentes "dada a escassez de pessoal auxiliar".

O Lar de Idosos da Misericórdia de Vila Nova de Foz Côa encontra-se em regime de isolamento. O lar já foi sujeito a um processo de desinfeção levado a cabo por uma empresa especialista, medida que foi estendida a outros pontos daquela cidade do Douro Superior.

Os responsáveis pelo lar, em articulação com o município, já haviam procedido à transferência para o Centro de Gestão Agrícola de Foz Côa de 11 utentes, que deram "negativo" para a covid-19, onde estão a ser acompanhados.

Outras Notícias