Alcobaça

Comandante dos Bombeiros de Pataias bate com a porta em pleno surto epidémico

Comandante dos Bombeiros de Pataias bate com a porta em pleno surto epidémico

O comandante dos Bombeiros de Pataias, em Alcobaça, Nélio Gomes, apresentou esta segunda-feira a demissão. Com o país sob estado de emergência, devido à Covid-19, a associação acredita que não vai conseguir arranjar um substituto até à época de incêndios.

Os Bombeiros de Pataias arriscam-se a chegar ao verão sem comandante, depois de Nélio Gomes ter pedido a sua demissão. Para já, será o segundo comandante a assumir o cargo interinamente.

O JN apurou que o pedido de saída aconteceu após um forte confronto de palavras entre o ainda comandante e alguns dos seus operacionais.

Segundo Alberto Santos, presidente da corporação que pertence ao concelho de Alcobaça, "tendo em conta o período epidémico que vivemos, o estado de emergência e o isolamento social decretado, será difícil que o comandante venha a ser substituído".

"As ações ficam com quem as praticam. Quanto a nós, tentaremos solucionar para já a situação internamente mas até ao verão será difícil termos um novo comandante", disse, ao JN, o dirigente.

Já Nélio Gomes, que é também coordenador operacional municipal da Proteção Civil, admitiu, ao JN, "cansaço pelos anos de atividade". "São 20 anos de quadro de comando e achei que estava na altura de sair. Acredito que, apesar da situação em que o país se encontra, irão encontrar rapidamente um substituto", apontou, afastando que tenha havido qualquer problema entre si e os operacionais ou a associação dos bombeiros de Pataias.