O Jogo ao Vivo

Pandemia

Aluno da escola básica D. Dinis em Leiria infetado com covid-19

Aluno da escola básica D. Dinis em Leiria infetado com covid-19

Um aluno da EB 2,3 D. Dinis, em Leiria, testou este domingo positivo à covid-19, informa um comunicado publicado no site do estabelecimento de ensino.

Embora não especifique quantos estudantes estiveram em contacto com o colega infetado, o Agrupamento garante que "foram colocados em confinamento, pelo Serviço de Autoridade de Saúde, os alunos considerados necessários".

"O diretor do Agrupamento e o Serviço de Autoridade de Saúde efetuaram todas as diligências recomendadas", assegura o comunicado, em que apela ao cumprimento das regras de higienização, segurança e distanciamento social e à responsabilidade de toda a comunidade educativa.

"Se apresentar sintomas, ou tiver convivido com alguém que tenha testado positivo, NÃO DEVE comparecer na escola, devendo entrar em contacto com as autoridades de saúde e informar a escola", recomenda o Agrupamento.

Oito alunos em quarentena

Já na quinta-feira, dia 17, quatro colegas de turma de um aluno do 10º ano da Escola Secundária Afonso Lopes Vieira (ESALV), em Leiria, infetado com Covid-19, ficaram em isolamento profilático, tal como três amigos com quem almoçou, por terem estado em contacto com ele, sem máscara. Dois estudam na ESALV e outro na Escola Secundária Rodrigues Lobo.

Coordenadora da Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Litoral, Odete Mendes revelou ao JN que, ao fim do décimo dia de isolamento, os sete estudantes serão submetidos a um teste para apurar se foram infetados.

Quanto aos restantes colegas de turma, estarão em "auto monitorização", e terão de comunicar à Autoridade de Saúde ou à Linha Saúde 24 qualquer alteração do estado de saúde, que determinará se terão de realizar testes. "Os professores também foram considerados contactos de baixo risco."

A diretora da ESALV, Celeste Frazão, explicou ao JN que a sala onde a turma teve a aula de apresentação foi desinfetada pelos bombeiros, e que fez queixa na PSP, uma vez que o pai do jovem também se encontra infetado, pelo que o aluno devia estar a cumprir quarentena.

Outras Notícias