Covida-19

Autarca de Leiria interdita Polis devido à "irresponsabilidade" de munícipes

Autarca de Leiria interdita Polis devido à "irresponsabilidade" de munícipes

O presidente da Câmara de Leiria, Gonçalo Lopes, mandou interditar o percurso Polis, na sequência da concentração de várias pessoas no circuito, junto ao rio Lis, no final da manhã de ontem. O autarca tomou esta medida após a publicação das imagens captadas pelo fotógrafo Luís Filipe Coito

"É totalmente irresponsável as pessoas fazerem circuitos de manutenção", declarou Gonçalo Lopes ao JN. "A lei é clara: os circuitos têm de ser curtos e perto de casa", sublinhou. "Achei que não ia ser necessário colocar uma vedação e sinalética com informação, mas as pessoas continuam a desrespeitar o estado de emergência."

Utilizado para fazer caminhadas, corrida e andar de bicicleta, o percurso Polis tem seis quilómetros e atravessa a cidade de Leiria. Face ao incumprimento da indicação de permanecer em casa, o autarca pediu ainda à PSP para estar atenta, para que a lei seja cumprida. "Não estamos a brincar."

"A melhor maneira de evitar o caos é as pessoas ficarem em casa", reforçou Gonçalo Lopes. "Estamos a ver o filme em direto do que está a acontecer em Itália. É isso que vai suceder em Portugal daqui a 20 dias", frisou. "Só depois é que as pessoas vão perceber."

Apesar disso, o autarca enalteceu o "esforço brutal da esmagadora maioria dos leirienses para ficarem em casa". O apelo tem sido constante da parte da Autarquia, que criou a campanha "Leiria fica em casa". "A mensagem está a ser transmitida em todos os meios, com o apoio dos órgãos de comunicação social", sublinhou.

"Estamos a colocar cartazes nas freguesias, a informar porta a porta, e a utilizar viaturas com som", acrescentou o presidente da Autarquia. "Só penso em Covid-19. A toda a hora, a todo o minuto. Não penso em mais nada. Só podemos estar focados nesta preocupação", confessou.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG