Leiria

Câmara de Leiria mantém venda do estádio

Câmara de Leiria mantém venda do estádio

Apesar de não ter recebido qualquer proposta para a hasta pública desta quinta-feira, a Câmara de Leiria continua a querer vender o Estádio Magalhães Pessoa. O presidente (PS) acredita que as manifestações de interesse se mantêm e que se venham a concretizar no futuro.

"Não temos um timing, mas quando mais cedo resolvermos o problema será melhor para todos" afirmou Raul Castro, lembrando que "os mais de cinco milhões de euros de divida, para amortização de juros, podiam ter melhor aplicação".

O autarca acusou oposição PSD de andar "a boicotar" as propostas apresentadas pela maioria PS-CDS/PP, referindo-se à acção popular entregue no Tribunal Administrativo de Leiria.

José Benzinho, vereador do PSD, refuta as acusações e diz que o que está em causa é um problema juridico que tem de ser resolvido antes da hasta pública. Manuel Jacinto, da Sociedade de Reabilitação Urbana Campo Pequeno, admitiu não ter concretizado a proposta de compra do Topo Norte (para ali instalar uma área comercial) por ter sido apresentada a acção popular. "Tínhamos a convicção de que seria um projecto de sucesso, pelo que mantemos o interesse" disse.