Acidente

Santana Lopes já teve alta hospitalar

Santana Lopes já teve alta hospitalar

Santana Lopes já teve alta hospitalar, depois de, na quarta-feira à tarde, ter sofrido um aparatoso acidente na A1.

"O Presidente da Aliança, Dr. Pedro Santana Lopes, teve alta hospitalar, regressando esta tarde a Lisboa. Repousará alguns dias, até que possa retomar a sua normal atividade. A Aliança agradece a atenção e preocupação de todos os que acompanharam esta situação", disse, ao JN, fonte do partido.

Em comunicado, a unidade hospitalar informou "que, dos traumatismos ocorridos na sequência do acidente de viação que sofreu dia 15 de maio, não resultaram lesões médico-cirúrgicas significativas" para Pedro Santana Lopes.

"Por indicação médica, foi-lhe recomendado um período de convalescença de modo a garantir a sua plena recuperação", acrescenta a curta nota emitida após a alta hospitalar.

Já esta manhã, fonte do Gabinete de Comunicação do CHUC informou os jornalistas, à porta da urgência do polo principal do CHUC, que o líder do partido Aliança "passou bem a noite" na unidade de cuidados cirúrgicos intermédios.

"Pedro Santana Lopes está bem disposto, mas com dores", acrescentou a mesma fonte, salientando que, tal como veio a acontecer, o antigo primeiro-ministro ainda poderia ter alta esta quinta-feira.

Paulo Sande, que é o cabeça-de-lista da Aliança ao Parlamento Europeu, esteve igualmente envolvido neste acidente e teve alta na noite de quarta-feira.

À saída dos Hospitais da Universidade de Coimbra, polo principal do CHUC, Sande explicou que o acidente poderá ter sido causado por fadiga.

O líder do partido e o cabeça de lista às europeias sofreram na quarta-feira um acidente de viação na A1 quando seguiam de Coimbra para Cascais, "em ações de campanha", deu conta o partido numa nota enviada aos jornalistas.

Imobusiness