Igreja

José Ornelas irá substituir António Marto na diocese de Leiria-Fátima

José Ornelas irá substituir António Marto na diocese de Leiria-Fátima

Bispo de Setúbal e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), D. José Ornelas será o nome escolhido para substituir D. António Marto na liderança da Diocese de Leiria-Fátima. A nomeação deverá ser anunciada sexta-feira, dia 28, revela o site dedicada a noticiário religioso 7Margens.

Para já, as duas dioceses remetem o assunto para o gabinete de imprensa da Santa Sé, órgão que faz a comunicação oficial deste tipo de nomeações.

Bispo de Leiria-Fátima desde 2006, D. António Marto completa 75 anos em maio e já tinha pedido a renúncia ao mandato. Aquando da audiência que teve com o Papa Francisco, em abril do ano passado, onde o Santo Padre confirmou a intenção de vir a Fátima em 2023, o cardeal terá solicitado alguma urgência na substituição, alegando motivos de saúde.

Meses antes, em novembro de 2020, o prelado esteve hospitalizado durante cerca de 15 dias. Além de fragilidade física, o prelado sofreu desgaste com polémicas surgidas em torno do Santuário de Fátima, relacionadas com as contas e com a dispensa de trabalhadores por parte da instituição.

Vários padres da diocese ouvidos pelo Jornal de Notícias assumem que a substituição é esperada há algum tempo, face à "manifesta vontade" de D. António Marto de sair, mas manifestam surpresa pela "rapidez" da decisão. A expectativa que havia era a de que a mudança acontecesse depois de maio, quando o cardeal atinge o limite de idade para as funções.

Quanto à escolha de D. José Ornelas, os sacerdotes ouvidos reconhecem que este "era um nome de que já se falava" na cúria diocesena e que reunirá "bom acolhimento". "Será um bom sucessor de D. António. Está alinhado com o Papa Francisco e, consequentemente, com o nosso bispo", realça um dos padres.

Um dos temas em que os dois bispos têm mostrado sintonia de posições é o dos abusos sexuais de menores na Igreja. Ambos defenderam a investigação da "verdade" e a constituição de uma comissão independente para estudar a questão, aprovada na Assembleia Plenária da CEP em novembro, em linha com as recomendações do Papa Francisco.

PUB

Pelo que, a nomeação de D. José Ornelas para a diocese de Leiria, uma das mais importantes do País, por força do Santuário de Fátima, pode ser encarada como reconhecimento pelo seu empenho neste combate, à semelhança do que o Santo Padre tem vindo a fazer com outros bispo em países onde a Igreja assumiu posições semelhantes.

Natural da Madeira, D. José Ornelas, com 68 anos, é bispo de Setúbal desde 2015, tendo assumido a liderança da CEP em junho de 2020. Fez a sua formação religiosa na Congregação dos Sacerdotes do Coração de Jesus e foi ordenado padre em 1981. Antes, esteve como missionário em Moçambique.

Com a nomeação de D. José Ornelas para Leiria-Fátima, passarão a ser três as dioceses a aguardar titular, com Setúbal a juntar-se a Angra do Heroísmo e Bragança. Falta ainda designar o bispo auxiliar de Braga. or ainda não começou); e agora Setúbal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG