Marinha Grande

Exercício militar pegou fogo ao pinhal de Leiria

Exercício militar pegou fogo ao pinhal de Leiria

O incêndio que deflagrou às 12.45 horas desta quinta-feira no pinhal de Vieira de Leiria, na sequência de um exercício militar do Exército está controlado, disse Paulo Rosendo, das relações públicas do Exército.

O incêndio foi registado após a utilização de um canhão bitubo de 20 milímetros, que disparava contra um alvo aéreo.

No local estavam uma viatura e bombeiros voluntários de Vieira de Leiria, concelho da Marinha Grande, que iniciaram o combate às chamas.

Mas apenas com a chegada de reforços humanos e materiais -três viaturas - o incêndio foi controlado.

Os jornalistas foram retirados pelos militares do local onde assistiam ao exercício 'Relâmpago 12', que decorre até sexta-feira.

Sem fazer feridos ou ameaçar construções, o fogo começou com dois focos, mas rapidamente alastrou para uma frente, que foi combatida pelos bombeiros e militares.

No exercício estão envolvidos 21 oficiais, 57 sargentos e 144 praças e o seu objetivo é "exercitar todas as Unidades de Artilharia Antiaérea do Sistema de Forças do Exército, no planeamento, controlo e conduta do apoio às operações terrestres", segundo uma nota do Exército.

PUB

Na sessão desta quinta-feira foram usados todos os meios e unidades de Artilharia Antiaérea do Exército Português (os sistemas míssil antiaéreos STINGER e CHAPARRAL e o Sistema Canhão Bitubo 20mm), da responsabilidade do Comando das Forças Terrestres.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG