Pandemia

Marinha Grande cria área dedicada à Covid-19 no centro de saúde

Marinha Grande cria área dedicada à Covid-19 no centro de saúde

Os residentes no concelho da Marinha Grande com suspeitas de infeção pelo novo coronavírus vão ser acompanhados no Centro de Saúde, onde foi criada uma Área Dedicada à Covid-19 (ADC), no final da semana passada.

"A ADC da Marinha Grande destina-se apenas a atendimento de utentes encaminhados pela Linha SNS 24 ou pela triagem na entrada do Centro de Saúde", esclarece a Autarquia em comunicado.

A presidente da Câmara da Marinha Grande, Cidália Ferreira, revela ao JN que a equipa mobilizada para assegurar o funcionamento da ADC é constituída por oito médicos, oito enfermeiros, oito administrativos e alguns assistentes operacionais, que trabalham por turnos.

Para tal, a autarca diz que o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Pinhal Litoral teve de reorganizar a equipa de profissionais das três unidades de saúde do concelho. A extensão da Moita foi encerrada, a título provisório, e a da Vieira continua aberta, mas com menos médicos e menos enfermeiros.

Quando os doentes chegam à unidade de saúde, devem dirigir-se à entrada principal, onde existe uma zona de triagem. Além de terem de responder a algumas perguntas sobre os sintomas que manifestam, é-lhes ainda medida a temperatura corporal.

Confirmados os sintomas, os utentes são encaminhados, pelo exterior do edifício, para uma tenda, onde têm de aguardar até serem atendidas pelos profissionais de saúde na ADC, distribuídos por vários gabinetes médicos e de enfermagem. Este espaço funciona todos os dias da semana, entre as 8 e as 20 horas.

Organizada por profissionais de saúde do concelho, com o apoio do Município, da Proteção Civil e do Exército Português, a ADC é um "espaço completamente separado do atendimento aos doentes que não apresentem suspeitas de Covid-19".

Quanto aos utentes do Centro de Saúde, Cidália Ferreira explica que continuam a ser acompanhados pelos seus médicos de família, embora as consultas presenciais só estejam a decorrer em "casos inadiáveis".

De acordo com a Direção-Geral da Saúde, existem 11 infetados com Covid-19 no concelho da Marinha Grande, dois dos quais encontram-se hospitalizados. A autarca revela que há ainda 24 pessoas sob vigilância.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG