O Jogo ao Vivo

Pedrogão Grande

PS troca de candidato, PSD aspira à reconquista

PS troca de candidato, PSD aspira à reconquista

Depois de ter visto o seu nome rejeitado pela Federação Distrital do PS de Leiria, Valdemar Alves, presidente da Câmara de Pedrógão Grande, optou por retirar-se da corrida às autárquicas, decisão que justificou com o abandono do território e das suas gentes pelo poder local. A Concelhia escolheu por isso Nélson Fernandes, 39 anos, atual vice-presidente da autarquia como cabeça de lista.

O PSD indicou António José Lopes, economista de 61 anos, para reconquistar a autarquia, perdida em 2017 para os socialistas. Administrador da Caixa Agrícola da Zona do Pinhal, foi professor na Escola Tecnológica e Profissional da Zona do Pinhal, em Pedrógão Grande. Vice-presidente da Assembleia de Militantes do PSD de Pedrógão desde 2019, nunca desempenhou cargos autárquicos.

O CDS-PP convidou Pedro Barra Fernandes, 45 anos, arquiteto, diretor técnico de obras e consultor imobiliário, para ser o cabeça de lista. É a primeira vez que encabeça uma candidatura autárquica, embora já tenha concorrido como independente em listas do PSD.

Desconhecem-se ainda os candidatos dos restantes partidos.

Há quatro anos, foram eleitos três elementos do PS e dois do PSD. Os socialistas obtiveram 55,7% dos votos, os sociais-democratas 38%, o PCP-PEV 1,4% e o CDS-PP 1,3%.

Outros Conteúdos GMG