derrocada

Câmara de Peniche reforça necessidade de intervenção na arriba que desabou

Câmara de Peniche reforça necessidade de intervenção na arriba que desabou

A Câmara de Peniche reforçou esta segunda-feira a necessidade de uma intervenção urgente nas arribas da Praia de S. Bernardino, onde uma derrocada de pedras provocou ferimentos em seis pessoas, que não terão respeitado os avisos de perigo.

"Não vou falar em negligência, mas o que aconteceu teve a ver com o desrespeito da distância de segurança em relação à arriba, junto à qual está uma placa avisando do perigo de queda de pedras", afirmou Jorge Amador, vice-presidente da câmara de Peniche.

De acordo com o vice-presidente, as vítimas da derrocada "são de uma família de Lisboa, que se encontrava a cerca de três metros da placa de aviso" fornecidas pela ARH (Administração Regional Hidrográfica) do centro e colocadas pela câmara de Peniche.

O acidente vem "reforçar a necessidade de uma intervenção urgente na arriba", sublinhou Jorge Amador, sublinhando também o alerta para que "as pessoas respeitem os avisos, porque as derrocadas podem acontecer em qualquer altura".

A derrocada provocou ferimentos em seis pessoas, duas das quais foram transportadas para o Hospital das Caldas da Rainha por "apresentarem várias fraturas", informou o comandante da Capitania de Peniche, Luis Patrocínio Tomás.

Dois outros feridos foram transportados para o Hospital de Peniche e duas pessoas, entre as quais uma criança, foram assistidas no local.

O alerta foi dado às 14.51 horas e estiveram no local 16 bombeiros e sete viaturas.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG