Ambiente

Praia de Cascais interdita a banhos por suspeita de descargas ilegais

Praia de Cascais interdita a banhos por suspeita de descargas ilegais

A praia da Rainha, no centro de Cascais, vai estar interdita a banhos, este sábado e domingo e, provavelmente, segunda-feira, até que seja conhecida a origem de valores anómalos registados na qualidade das águas.

Há suspeita de ter ocorrido uma "contaminação" provocada por alegadas descargas ilegais, avança esta sexta-feira o jornal online Cascais24.

"Já a partir deste sábado é içada a bandeira vermelha", revelou Pereira da Terra, comandante da Capitania do Porto de Cascais, sem, no entanto, avançar com mais pormenores até que seja conhecida a origem da "contaminação".

Esta situação anormal na praia da Rainha foi detetada no âmbito das análises semanais efetuadas em complemento às análises mensais da Agência Portuguesa do Ambiente (APA)".

Os resultados conhecidos esta sexta-feira decorrem da análise efetuada na quarta-feira pelo laboratório credenciado para o efeito.

"Tendo em conta os valores apresentados para a praia da Rainha, a ​​​​​​​APA, a ARS (Autoridade Regional de Saúde) e a Câmara Municipal de Cascais, em articulação com a Capitania do Porto de Cascais, por precaução desaconselham banhos naquela praia até à obtenção dos resultados da contra-análise que a autarquia solicitou e que deverão estar disponíveis no próximo dia 27", informa, por sua vez a autarquia cascalense.

ver mais vídeos