Estado de Emergência

Nem o sol fez encher o paredão de Cascais

Nem o sol fez encher o paredão de Cascais

O passeio marítimo de Cascais atraiu algumas pessoas na manhã deste sábado, ainda que o movimento seja muito inferior ao que é habitual em dias de fim de semana ensolarados.

A correr, passear o cão, fazer surf ou simplesmente a caminhar pelo paredão, o JN encontrou um cenário de tranquilade, com as pessoas a terem a preocupação de manter o distanciamento social, imposto pelas autoridades sanitárias.

Cristina Gil, proprietária do Angel's Bar, na praia de Carcavelos, confirma que tem notado muito menos movimento. "Numa manhã de sábado, com este dia maravilhoso de sol, o normal era haver uma enchente de pessoas a passear junto ao mar" disse ao JN.

A verdade é que a par dos que passeiam pelo paredão, os surfistas são quem mais preenche o cenário. Mas o JN encontrou mesmo dois jovens franceses, que tomaram banho no mar e, posteriormente nos chuveiros de água doce. "Pas froid!'", comentaram, visivelmente bem dispostos.

PUB

O dia amanheceu convidativo, mas as pessoas, pelo menos da parte da manhã, parecem estar a querer respeitar o confinamento. Percorrendo.a Marginal, entre Lisboa e Cascais, percebe-se que há muito menos carros a circular que o habitual.

Antonio Ferreira, de 46 anos, morador em Caxias, Oeiras, explicou ao JN que veio até ao passeio marítimo para "a corridinha habitual", mas que tenciona passar o resto do dia em casa. "Não dá para facilitar. Isto está mesmo muito mau", observou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG