O Jogo ao Vivo

Cascais

Polícia Marítima e Bombeiros resgatam brasileiro que caiu na Boca do Inferno

Polícia Marítima e Bombeiros resgatam brasileiro que caiu na Boca do Inferno

Um cidadão brasileiro, 51 anos, foi resgatado por agentes da Polícia Marítima e Bombeiros de Cascais, esta terça-feira, ao início da tarde, depois de ter sofrido uma queda, com suspeita de fratura de anca, no Mexilhoeiro, na Boca do Inferno.

O acidente registou-se pouco antes da uma hora da tarde.

Ignorando a sinalização de área perigosa e de acesso proibido, o cidadão brasileiro ter-se-á aventurado pela zona bastante íngreme, acabando por escorregar e sofrer uma queda. Um outro cidadão brasileiro, que o acompanhava, escapou ileso, noticia o jornal digital Cascais24.

Devido às dificuldades de acesso e de evacuação do ferido em plano duro, por terra e depois de estabilizado, foi extraído, com toda a segurança, a partir do mar, pela embarcação da Estação Salva Vidas e transportado até à Marina de Cascais, de onde foi transportado pelos Bombeiros para a urgência ortopédica do Hospital de Cascais, adianta o mesmo jornal.

Nas operações de socorro estiveram mobilizados onze operacionais, apoiados por 5 veículos, da Polícia Marítima e Estação Salva Vidas e Bombeiros de Cascais.

Entretanto, o Capitão-tenente Rui Pereira da Terra, representante da Autoridade Marítima, em Cascais, que coordenou as operações, em declarações ao Cascais24, alertou para a necessidade de as pessoas respeitarem as sinalizações em áreas de perigo, com interdição de acessos, evitando, não só colocar em risco a sua integridade física, como, também, a mobilização de meios de socorro que, em certos casos, podem colocar em perigo a integridade dos respetivos profissionais empenhados no resgate.

Outros Artigos Recomendados