Pandemia

Aeroporto de Lisboa com "situação de pico" nas chegadas e espera de 45 minutos

Aeroporto de Lisboa com "situação de pico" nas chegadas e espera de 45 minutos

O Aeroporto de Lisboa registou esta sexta-feira uma "situação de pico" nas chegadas, com um tempo de espera a chegar aos 45 minutos no controlo da realização de teste à covid-19, disse à Lusa a ANA - Aeroportos de Portugal.

"Entre as 16.30 e as 18 horas ocorreu uma situação de pico, na área de chegadas do aeroporto de Lisboa, que corresponde ao início de período festivo, com maior número de voos e de passageiros, tendo sido atingido um tempo máximo de espera de cerca de 45 minutos. A situação já está a retomar a normalidade", disse fonte oficial da ANA, questionada pela Lusa sobre relatos de passageiros a dar conta de longas filas no aeroporto Humberto Delgado.

"Com o aumento de tráfego previsto para esta época, e com os atuais procedimentos legais adicionais em vigor, poderão vir a ocorrer, em situações de pico, tempos de espera elevados", alertou, ainda, a gestora.

Desde 1 de dezembro que todos os passageiros que cheguem a Portugal por via área são obrigados a apresentar teste negativo à covid-19 ou certificado de recuperação no desembarque.

Mais de 1200 passageiros tentaram entrar no país sem teste negativo ao vírus SARS-CoV-2 e 36 companhias aéreas foram multadas entre 01 e 15 de dezembro, revelou hoje a ministra de Estado e da Presidência

"Entre 1 e 15 de dezembro entraram no país sem teste, ou seja, o número de autos de contraordenação é de 1274 e estão envolvidas 36 companhias", precisou Mariana Vieira da Silva, na conferência de imprensa no final do Conselho de Ministros.

Estão isentos da obrigatoriedade de testes, PCR ou rápido, os passageiros de voos domésticos, os menores de 12 anos e as tripulações.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG