Lisboa

Bebé foi deixado no lixo "sem roupa nem agasalho"

Bebé foi deixado no lixo "sem roupa nem agasalho"

O bebé que foi encontrado, na terça-feira, num caixote do lixo em Lisboa foi ali deixado "sem proteção, sem qualquer roupa ou agasalho", indicou a PSP, esta quarta-feira.

O alerta foi dado pelas 17.30 horas de terça-feira, quando um cidadão sem-abrigo ouviu barulho num caixote do lixo, na Avenida Infante D. Henrique, na zona do Beato, em Lisboa. Era um bebé recém-nascido, do sexo masculino, ainda com vestígios do cordão umbilical, que "estava sem qualquer tipo de proteção, sem roupa nem agasalho", segundo revelou, esta quarta-feira, o comissário André Serra, da PSP.

"Estava no caixote do lixo simplesmente como nasceu", acrescentou. "Aparentava não ter tido qualquer tipo de assistência médica".

Outra pessoa que viu o homem a retirar o bebé do caixote do lixo ajudou a alertar as autoridades e, após ser assistido no local, o recém-nascido foi transportado para o Hospital Dona Estefânia, onde se encontra internado nos Cuidados Intensivos Neonatais.

"O que podemos dizer é que está clinicamente bem e estável. Está sob vigilância na unidade de cuidados intensivos", indicou fonte do gabinete de comunicação do Centro Hospitalar de Lisboa Central, que integra o Hospital Dona Estefânia.

Segundo o comissário André Serra, este caso configura um crime de exposição ao abandono. "Não temos informações sobre os pais", indicou.

A investigação está a ser conduzida pela Polícia Judiciária.