Exclusivo

Bebé saudável em risco de ser tirada aos pais por ter irmão autista

Bebé saudável em risco de ser tirada aos pais por ter irmão autista

Segurança Social defende que doença do irmão é "fragilidade" para regressar a casa. Mãe teme adoção de menina institucionalizada.

Um casal cuja capacidade para cuidar do filho autista nunca foi questionada tem, há quase dois anos, a filha mais nova, saudável, institucionalizada. A menina foi retirada à mãe aos seis meses, numa altura em que o irmão residia com o pai e ainda não fora diagnosticada a doença. Agora, já com os pais juntos, a Segurança Social apelou ao tribunal para que, ao definir o futuro da bebé, tenha em conta, entre outras "fragilidades", a atenção que os progenitores têm de dar ao menino. A mãe desespera e teme que a menina tenha sido prometida para adoção.

Em fevereiro do ano passado, na sequência de uma denúncia anónima por maus-tratos e prostituição da mãe, foi aberto um processo de promoção e proteção de Y. Uma semana depois, a bebé foi retirada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG