Lisboa

Câmara lança campanha contra os dejectos caninos

Câmara lança campanha contra os dejectos caninos

A Câmara de Lisboa vai lançar em Abril uma campanha publicitária de sensibilização para retirar das ruas os dejectos caninos e o lixo depositado indevidamente, uma "guerra" reforçada com uma "grande actuação" dos serviços e da Polícia Municipal.

O vereador do Ambiente Urbano e Espaço Público, José Sá Fernandes, espera que a campanha - feita com recurso a televisão, rádio, imprensa e panfletos - seja "mais forte", a nível dos meios utilizados, do que a que a de 2009.

Embora na altura a iniciativa tenha corrido "muito bem", o vereador admitiu, em declarações à agência Lusa, que ainda não se conseguiu uma grande mudança nos comportamentos, mas frisou que haverá mais fiscalização das infracções relacionadas com dejectos caninos e com o lixo posto fora dos locais indicados.

Durante uma reunião camarária destinada a ouvir munícipes, na terça-feira, o autarca sublinhou que "esta guerra vai durar muito tempo" e que o seu sucesso será "impossível se não tiver a ajuda das pessoas", até porque a autarquia não conseguirá ter um polícia ou um funcionário da limpeza para cada cão e cada pessoa.

No ano passado, terão sido aplicadas apenas 60 coimas por falta de limpeza de dejectos caninos na cidade de Lisboa, totalizando mais de quatro mil euros.

Já aquando da anterior campanha, em 2009, um estudo levado a cabo pela Faculdade de Medicina Veterinária apontava, com base em amostras de dejectos recolhidos na via pública, para a existência de contaminação dos solos, o que constitui um problema para a saúde pública.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG