O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Críticas às restrições no Santo António: "Estão a fechar-nos numa gaiola"

Críticas às restrições no Santo António: "Estão a fechar-nos numa gaiola"

Proprietários de restaurantes criticam fecho de Alfama na noite de Santo António e acreditam que "vai ser difícil" tirar clientes do bairro depois de terminarem as refeições.

Nos próximos dias, a Polícia vai colocar grades e fitas em algumas entradas dos bairros de Alfama, Madragoa e Bairro Alto, em Lisboa, para que se evitem ajuntamentos na noite de Santo António. Em Alfama, donos de restaurantes criticam a medida e duvidam que a vedação afaste pessoas. "Estão a fechar-nos numa gaiola, é ridículo", critica Argentina Santos, dona do Porta de Alfama. Celestino Pancas, do estabelecimento O Arco, diz que "vai ser difícil os clientes irem embora às 22.30 horas", quando os restaurantes fecham.

No coração de Lisboa, um dia depois de conhecidas as restrições para o fim de semana de Santo António, o sentimento era de "revolta". Argentina Santos, mais conhecida por Tininha de Alfama, já não tem mesas disponíveis para as noites de sábado e domingo, e acha que não vai ser fácil conter ajuntamentos. "Acabo de servir refeições às 22.30 horas, mas não vou mandar as pessoas embora. Acho que não era necessário vedar o bairro porque os jovens não vão deixar de fazer a festa, fazem em qualquer lado".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG