Exclusivo

Escola de Lisboa testou aulas do futuro com robôs

Escola de Lisboa testou aulas do futuro com robôs

Estudantes acreditam que será mais fácil aprender com tecnologia que já é usada no Porto e em Sintra

A realidade virtual, pequenos robôs e painéis interativos já estão a ser usados em salas de aulas em algumas escolas do Porto e Sintra e deverão chegar a outras brevemente. Os estabelecimentos de ensino com cursos profissionais poderão candidatar-se aos fundos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) do Governo, no próximo ano, para investirem em novas tecnologias. Na Escola Secundária D. Filipa de Lencastre, em Lisboa, estes equipamentos estiveram a ser testados durante três dias, para alunos e professores imaginarem como será uma sala de aula do futuro.

Miguel Marão segue o pequeno robô Kubo com os olhos enquanto este percorre uma linha de puzzle de uma conta de somar, subtrair, dividir e multiplicar feita pelo estudante. Assim que termina o trajeto, se o resultado estiver certo, o Kubo emite uma luz verde e dança. Se estiver errado, emite uma luz vermelha e abana a cabeça. O aluno do sexto ano está fascinado. "Não se engana! É inteligência artificial, o robô está a ler um chip que está nas peças do puzzle e a fazer a conta. Assim é mais divertido, temos mais gosto em aprender", diz.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG