Surto

Há 33 casos de covid-19 entre funcionários da Câmara de Lisboa

Há 33 casos de covid-19 entre funcionários da Câmara de Lisboa

Há 33 funcionários da Câmara de Lisboa que testaram positivo à covid-19. O surto foi identificado no Posto de Limpeza de Telheiras e "já está a ser tratado", revelou o vice-presidente da Câmara, João Paulo Saraiva, esta manhã de quinta-feira, na reunião pública da autarquia.

"O município tinha até há uma semana números bastante abaixo dos nacionais, mas houve um foco, que fez com que os nossos números aumentassem", informou.

"O que aconteceu foi que um grupo de pessoas não seguiu as regras que estão estabelecidas e, não tendo sido devidamente gerida a situação pelos próprios dirigentes, houve um foco que acabou por trazer números muitíssimo maiores do que tínhamos até agora. A situação já está a ser tratada e avaliada", garantiu.

Questionado pelo vereador João Pedro Costa, do PSD, sobre o número de testes realizados pelo município aos funcionários, o vice-presidente respondeu que "a Câmara de Lisboa não testa ninguém que não seja indicado pela Direção-Geral de Saúde para ser testado" e criticou indiretamente autarquias que estão a testar toda a população, como é o caso do município de Cascais. "Há muita parvoíce a ser feita, muita coisa desnecessária que não leva a lado nenhum", disse.

Desde o início da pandemia foram registados 53 casos positivos de covid-19 entre os funcionários da autarquia, dos quais 20 foram já dados como recuperados e 33 estão agora ativos. Fonte oficial do gabinete do presidente da Câmara de Lisboa disse ainda ao JN que "este número faz parte de um universo de 12 mil trabalhadores da Câmara de Lisboa, sendo por isso irrisório".