Lisboa

Incêndio destruiu prédio em Lisboa onde moravam 12 pessoas

Incêndio destruiu prédio em Lisboa onde moravam 12 pessoas

Um incêndio destruiu, esta segunda-feira, um prédio de quatro andares, entre o Hospital de São José e a praça do Martim Moniz, em Lisboa. Os bombeiros evacuaram 14 pessoas e dez foram assistidas no hospital por "inalação de fumos".

O "incêndio começou cerca das 06.00 horas nas Escadinhas Porta do Carro n.º8, tendo alastrado até à cobertura", disse à Agência Lusa fonte do comando do Regimento de Sapadores Bombeiros.

O chefe da Divisão de Operações da Protecção Civil da Câmara de Lisboa, Pedro Barbosa, disse que foram retiradas 14 pessoas do prédio e de outro adjacente e que 10 delas foram assistidas no Hospital de São José, por "inalação de fumos".

O prédio "está inabitável porque os três pisos ficaram completamente destruídos pelo fogo", e o rés do chão também "não está em condições de ser habitado, devido às águas", explicou o segundo comandante do Regimento de Sapadores Bombeiros, major Monteiro, junto ao edifício atingido pelas chamas, na travessa do Hospital.

A Protecção Civil "ainda não conseguiu fazer uma avaliação do edifício", porque "decorrem as operações de rescaldo", e só depois os técnicos "vão entrar para verificar as condições do edifício", acrescentou o chefe de operações da Protecção Civil.

Após uma primeira vistoria "será possível avaliar", e confirmar se ficou alguma coisa em boas condições de utilização", precisou o responsável de operações.

Neste tipo de situação faz-se "um primeiro contacto com o proprietário", porque o prédio é particular, "só depois serão accionados os meios necessários para garantir o alojamento das pessoas", mas a Protecção Civil "já está diligenciar nesse sentido".

PUB

Em relação ao incêndio, cujas causas são ainda desconhecidas, o major Monteiro explicou que o "começou no primeiro andar, e apanhou o segundo, terceiro e cobertura, com os três pisos completamente tomados pelo fogo", onde moravam 12 pessoas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG