Fogo

Cinco feridos em incêndio num armazém em Lisboa

Foto Arquivo/global Imagens

Um incêndio deflagrou, esta quarta-feira à tarde, na Rua do Borja, perto da Avenida Infante Santo, em Lisboa. Pelas 16.11 horas, as chamas foram extintas. Há cinco feridos ligeiros a registar e o combate às chamas obrigou a evacuar três prédios, por precaução.

Eduardo Reis, do Regimento de Sapadores de Bombeiros (RSB) de Lisboa, comandou o combate ao incêndio no terreno, e confirmou a existência de cinco feridos, dois civis e três bombeiros.

O comandante explicou que, nas operações de combate às chamas, um bombeiro dos voluntários de Campo de Ourique caiu de uma altura de quatro metros e partiu o braço direito. Também um elemento dos Sapadores sofreu uma eletrocussão numa linha com corrente, que era totalmente desconhecida dos operacionais. Estes serão os dois casos mais graves.

Outra das vítimas é um funcionário de uma oficina, um homem de 47 anos, que sofreu queimaduras do primeiro grau no braço esquerdo e na face. Foi assistido no local e depois transportado ao Hospital de São José. Um bombeiro do RSB sofreu um entalão na mão direita e uma mulher teve de ser observada no local, devido a um ataque de ansiedade.

Eduardo Reis confirmou ainda que três prédios vizinhos foram evacuados, mas apenas por precaução, já que as chamas não alastraram a qualquer edifício.

Os trabalhos de rescaldo já estão em curso e "vão ser demorados" acrescenta o RSB.

Na rede social Twitter, o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP informa que, "devido a incêndio urbano, o trânsito encontra-se totalmente cortado nas seguintes artérias: Calçada das Necessidades, Rua do Borja e Rua do Possolo".

As chamas, que tomaram um armazém e oficina mecânica, foram combatidas por 41 operacionais do Regimento de Sapadores Bombeiros e elementos dos Bombeiros Voluntários de Campo de Ourique, apoiados por 14 viaturas. O alerta foi dado por volta das 14.50 horas.

Relacionadas