Lisboa

Escola António Arroio encerrada na quarta-feira pelo segundo dia consecutivo

Escola António Arroio encerrada na quarta-feira pelo segundo dia consecutivo

A Escola Artística António Arroio, em Lisboa, vai permanecer encerrada pelo segundo dia consecutivo na quarta-feira devido a um problema elétrico, disse à Lusa o diretor, Rui Madeira.

O diretor explicou que a escola estará encerrada até que seja dada "uma garantia de que está operacional e que se pode retomar a atividade plena", o que ainda não aconteceu de forma a ser reaberta na quarta-feira.

Na segunda-feira, a Parque Escolar chegou a veicular à comunicação social que o problema estava resolvido e que a escola abriria hoje, o que não veio a acontecer, tendo o diretor contrariado a versão daquela empresa pública.

As obras de requalificação na Escola António Arroio, da responsabilidade do programa de modernização das escolas secundárias, da empresa pública Parque Escolar, foram interrompidas em 2009, ficando a escola sem cantina, entre outras valências.

A escola onde estudaram Mário Cesariny, Júlio Pomar ou Joana Vasconcelos encontra-se degradada, com espaços em estaleiro nos quais as obras foram interrompidas.

Os alunos têm levado a cabo diversas formas de luta por melhores condições no estabelecimento de ensino.

Em novembro passado, num protesto liderado pela associação de estudantes, comeram no chão em frente à Assembleia da República.