Aviação

Espaço aéreo encerrado devido a anomalia técnica em avião da TAP

Espaço aéreo encerrado devido a anomalia técnica em avião da TAP

Um voo da TAP com destino à cidade italiana de Bolonha e 154 passageiros a bordo foi obrigado a regressar a Lisboa devido a uma avaria técnica que obrigou ao encerramento temporário do espaço aéreo.

A notícia foi confirmada à agência Lusa pela transportadora aérea, que disse ter-se tratado de uma anomalia técnica registada após a descolagem, que fez com que o voo TP872 regressasse, por precaução, ao aeroporto Humberto Delgado.

Segundo a mesma fonte, no local estava já "outro avião pronto para levar os passageiros ao seu destino".

Por outro lado, fonte da ANA - Aeroportos de Portugal, empresa gestora dos aeroportos, adiantou que a situação obrigou ao encerramento da pista durante 23 minutos, "como consequência do alerta laranja emitido pela aeronave que operava o voo TP872", e ao encerramento do espaço aéreo.

"A aterragem aconteceu às 13.59 e a pista foi reaberta às 14.22, encontrando-se neste momento o aeroporto com total operacionalidade", refere a empresa.

Fonte da ANA disse ainda que, em consequência do encerramento do espaço aéreo, onze voos registaram atrasos à chegada ao aeroporto de Lisboa e outros cinco divergiram para o Porto.