Saúde pública

Há seis milhões de roedores na Área Metropolitana de Lisboa

Há seis milhões de roedores na Área Metropolitana de Lisboa

Ratazanas, baratas, pombos, mosquitos e ratos domésticos (ratinhos) estão a invadir as nossas cidades e a ameaçar a saúde pública e a segurança alimentar. Mas não há estudos, em Portugal, que determinem a sua quantidade.

Maria Mathias, investigadora da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa aponta, "numa perspetiva pessimista", tendo em conta estudos realizados em cidades como Nova Iorque, S. Paulo ou Londres, que podem existir três a quatro ratos por humano o que, só na Área Metropolitana de Lisboa, representaria uma população de cerca de seis milhões de roedores.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui