Lisboa

Palácio de Benfica vandalizado a uma semana da inauguração

Palácio de Benfica vandalizado a uma semana da inauguração

O Palácio Baldaya, na Estrada de Benfica, em Lisboa, foi vandalizado na madrugada desta sexta-feira. O edifício estava em obras para ser inaugurado a 1 de setembro, depois de mais 100 anos fechado ao público.

Desconhecidos pintaram portas e cantarias centenárias, iluminação e paredes, deixando um rasto de destruição.

"É francamente desolador", desabafou ao JN Inês Drummond, presidente da Junta de Freguesia de Benfica, já esta manhã depois de se inteirar dos estragos no local. A autarca recorda que a recuperação do palácio construído no final do século XVIII, uma empreitada assumida pela Junta, que representa um investimento de 400 mil euros, é um velho sonho da população de Benfica.

"Há muito que os nossos moradores ambicionavam ter uma biblioteca. Daí a nossa aposta na recuperação do Palácio Baldaya, um património que muitos desconheciam, para a sua transformação num polo cultural, englobando, além da biblioteca, uma ludoteca, uma área de coworking", referiu Inês Drummond.

Os atos de vandalismo terão ocorrido entre as 23 horas de quinta-feira e as 07 horas desta sexta-feira, único período em que o edifício esteve sem trabalhadores. Foram estes que deram o alarme esta manhã quando entraram ao serviço e deram conta do cenário.

"É impossível quantificar, para já, os prejuízos", prosseguiu a autarca, alegando que os estragos são muito diversos. "Portadas e cantarias centenárias pintadas, iluminação nova destruída, chão de pedra. Tudo isto em várias salas e andares", descreve.

Inês Drummond garantiu porém que, apesar deste contratempo, a inauguração acontecerá na próxima sexta-feira, tal como previsto. "Tenho uma equipa fantástica que me assegurou logo que estava disposta a fazer horas extra para recuperar o tempo perdido. A própria população se ofereceu para trabalhar", revelou.

A autarca acrescentou que foi apresentada, logo pela manhã, a respetiva queixa contra desconhecidos na PSP. Foi também solicitada pela Junta de Freguesia o reforço da vigilância policial ao palácio.

O Palácio Baldaya foi durante muitos anos a sede do Laboratório Nacional de Investigação Veterinária. Depois, fechou durante mais de 100 anos, estando prevista a agora a sua reabertura. Naquele espaço, os visitantes vão poder visitar salas multifunções, jardins, uma cafetaria e participar em exposições, workshops, tertúlias e concertos.

ver mais vídeos