Incidente

Mais de 60 estudantes desalojados após derrocada em prédio de Lisboa

Mais de 60 estudantes desalojados após derrocada em prédio de Lisboa

Mais de 60 estudantes universitários, na sua maioria estrangeiros, ficaram desalojados após a fachada lateral do prédio onde residem, no centro de Lisboa, ter desabado. Não há feridos a registar.

Uma moradora, que preferiu manter o anonimato, referiu ao JN que vivem no número 120 da Avenida Elias Garcia mais de 60 alunos brasileiros, franceses, alemães e chineses, entre outras nacionalidades. Estarão em Portugal ao abrigo do programa Erasmus e outras iniciativas semelhantes.

A mesma fonte acrescentou que os inquilinos já tinham alertado o senhorio para a existência de rachas no prédio. Não foi possível, até ao momento, apurar quem será o proprietário do imóvel, que confina com um outro do qual já só resta a fachada frontal.

Além da residência, funciona ainda, no mesmo prédio, uma creche.

O alerta para o desmoronamento foi dado pelas 20 horas desta quarta-feira e no local estiveram elementos do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, da Proteção Civil municipal e da Junta de Freguesia das Avenidas Novas.

Carlos Castro, vereador da Proteção Civil na Câmara de Lisboa, adiantou aos jornalistas que os estudantes vão pernoitar numa pousada da juventude. O estado do prédio será reavaliado durante a manhã de quinta-feira.