Corrida

São Silvestre de Lisboa com 10 mil participantes

São Silvestre de Lisboa com 10 mil participantes

A 10.ª edição da corrida de São Silvestre de Lisboa vai juntar no sábado 10 mil participantes, mantendo o atrativo da guerra dos sexos para a qual as mulheres partem desfalcadas, mas com uma vantagem de 2.57 minutos.

Depois de no ano passado ter sido disputada às 10:30, a prova volta este ano a correr-se durante a tarde, às 17.30 horas, ao longo de 10 quilómetros na zona ribeirinha da capital, e tem já esgotadas as inscrições.

Organizada pela HMS Sports, a prova, que ao longo de 10 anos já foi disputada por mais 60 mil atletas, tem como atrativo uma guerra dos sexos, para a qual a elite feminina partirá com uma vantagem de quase três minutos, que corresponde à diferença registada entre o tempo do primeiro homem a terminar a prova e o da primeira mulher, no ano passado.

As mulheres, que somam cinco vitórias contra três dos homens, serão lideradas por Jéssica Augusto, vencedora da última edição, enquanto os homens serão comandados por Hermano Ferreira, detentor de cinco triunfos, o último dos quais também em 2016.

Este ano, a equipa feminina está, segundo Hermano Ferreira, "um pouco desfalcada" devido à ausência de Dulce Félix, que foi mãe recentemente.

A ausência de Dulce Félix da equipa, que integra nomes como Doroteia Peixoto e Vera Nunes, não impede a capitã de assumir que promete tudo fazer "para não ser apanhada".

Do lado da equipa masculina, Hermano Ferreira, a quem se juntam os atletas de elite Ricardo Ribas e João Pereira, assegura que os homens "querem ganhar".

Hugo Sousa, o diretor da prova, destacou o crescimento que o evento tem vindo a registar ano após ano e admitiu: "Se há 10 anos me dissessem que a São Silvestre ia chegar às 10 mil pessoas, eu não acreditaria. Na 1.ª edição, correu tudo mal".

A São Silvestre, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, tem já assegurada até 2019 a continuidade do patrocínio do El Corte Inglés.

Além da corrida de 10 quilómetros, vão disputar-se a São Silvestre da pequenada, cujo valor das inscrições reverte na totalidade para a Associação Sol, e uma iniciativa de caráter social de recolha de equipamento desportivo para posterior doação.

A realização da competição vai impor condicionamentos de trânsito na Rotunda do Marquês, Avenida da Liberdade e zona ribeirinha. A prova tem início às 10.30 horas da manhã e conta com uma duração máxima de duas horas.

Outros Artigos Recomendados