Lisboa

Sapadores de Lisboa receberam 60 pedidos de ajuda

Sapadores de Lisboa receberam 60 pedidos de ajuda

Os Sapadores Bombeiros de Lisboa receberam 60 pedidos de ajuda entre as 6.35 horas e as 10 horas, a maioria por causa de inundações devido à chuva que caiu hoje de madrugada.

De acordo com o sub-chefe principal Esteves, os sapadores receberam 53 pedidos de ajuda por causa de inundações, três para desentupimentos, um acidente rodoviário sem feridos e um curto-circuito, entre outros.

"A ocorrência mais preocupante são três casas inundadas na zona da Buraca. Neste momento temos duas viaturas no local e falta retirar água de duas caves", indicou à agência Lusa.

O sub-chefe principal disse ainda que, depois das 10 horas já receberam seis pedidos de ajuda por inundações e um por fuga de gás.

Em Algés, o comandante dos Bombeiros Voluntários, Carlos Carvalho, adiantou à agência Lusa que a corporação recebeu 13 pedidos de auxílio por pequenas inundações em habitações e caves.

"Tivemos alguns pedidos por causa de inundações, sobretudo em caves de lojas, prédios e também no mercado de Algés", adiantou, salientando que estas situações são "normais quando chove muito".

O comandante Carlos Carvalho adiantou ainda que a corporação recebeu também alguns pedidos de sarjetas e algerozes entupidos.

Vários proprietários de lojas, cafés e restaurantes da baixa de Algés contaram à agência Lusa que a situação hoje "não foi grave" em comparação com outras situações de mau tempo em que os prejuízos são avultados.

Hoje, a água entrou em meia dúzia de restaurantes e cafés daquela zona, tendo o problema sido resolvido sem a necessidade de auxílio por parte dos bombeiros.

Entretanto, um acidente com um camião na Circular Regional Interior de Lisboa (CRIL) está a causar uma longa fila naquela via.

De acordo com fonte da PSP, um pesado sem carga tombou na faixa de rodagem, sentido Odivelas - Lisboa, e provocou um ferido ligeiro.

"O acidente fez com que o trânsito parasse. A chuva e a greve dos comboios agravou a situação", disse a mesma fonte que não soube precisar o local do acidente ou a extensão da fila de trânsito, afirmando apenas que "é muito longa".

O Instituro de Meteorologia colocou, esta segunda-feira, todo o país em aviso amarelo devido à possibilidade de trovoadas e queda de granizo.